Reabilitação da Ponte Internacional de Valença


Reabilitação e Reforço dos Pilares da Ponte Internacional de Valença – Teixeira Duarte (Dono de Obra: REFER, Estradas de Portugal, ADIF – Gestor Infraestrutura Ferroviária Espanhola e Dirección General de Carreteras)

Esta obra abarca um vasto leque de trabalhos especializados, dos quais se destacam a especificidade de algumas tarefas de elevado nível técnico e crítico.

Os trabalhos iniciam-se com a execução de dragagens em torno dos pilares alcançando profundidades na ordem dos 10 metros, regularização de fundos executado por mergulhadores com jactos de pressão regulável e aspiração, execução de furações no fundo do pilar de forma a suster a ensecadeira e criar o rolhão de fundo, execução de limpezas e raspagens em torno dos pilares na zona de contacto do betão do rolhão, movimentação e aplicação da ensecadeira de um cais para a água incluindo aplicação prévia de balões de impulsão de forma a suster a estrutura a flutuar sendo posteriormente rebocada do referido Cais até ao local de montagem (pilares). De notar que a referida estrutrura (ensecadeira) será movimentada em duas peças de tamanhos iguais (duas meias-luas) que na sua totalidade representam um peso superior a 100 toneladas e dimensão de 13 metros de altura e comprimento superior a 21 metros. O trabalho conclue-se com a fixação da estrutura ao pilar, execução de betonagens submersas para efectuar o rolhão de fundo e por último o vazamento das águas do interior da ensecadeira de forma a ficar com essa área em seco para execução dos trabalhos de reabilitação dos pilares. Deste trabalho realçamos que foi desenvolvido em conjunto pela Teixeira Duarte e Xavisub uma metodologia inovadora e única para aplicação da ensecadeira que permite realizar o trabalho em seco. Esta metodologia foi também já usada na Reabilitação dos Pilares da Ponte da Barra – Aveiro, tendo sido também desenvolvido metodologia idêntica a esta entre a Xavisub e a Teixeira Duarte.

123

Comments are closed.